Entenda mais sobre Seguro Condominio.

Voltado para condomínios residenciais e comerciais o produto oferece a cobertura básica nos casos de incêndio, raio, explosão e queda de aeronaves. Entretanto, existem uma grande variedade de coberturas adicionais que podem ser agregadas em suas apólices. 

Desde 1964, todos os condomínios verticais ou horizontais, de qualquer tipo, isto é, formados por prédios residenciais, comerciais, mistos, consultórios, escritórios, flats, apart-hotéis e shopping centers são obrigados, por lei, a ter seguro contra riscos de incêndio, queda de raio e explosões de qualquer natureza que provoquem sua destruição total ou parcial. A exigência do seguro condomínio consta no Decreto-Lei 73/1966 (artigo 20), da Lei 4.591/1964 (artigo 13) e do Código Civil (Lei 10.406/2002, artigos 1.346 e 1.348, inciso IX).

O síndico é o responsável pela sua contratação e renovação, sob pena de multas, caso não providencie. Em eventuais sinistros em que o condomínio não possui seguro é de responsabilidade do mesmo arcar com os danos.